Notícia postada em, 03 de Outubro
23ª Conferência da IPRP
 
Foi um tempo tremendo e inesquecível!
Entre todas as coisas maravilhosas que aconteceram no decorrer do evento, destacamos algumas:
 
Mensagens profundas através do Pr. João Martins:
 
Pepitas de ouro
 
Fidelidade e Frutos – Fidelidade é a marca de quem produz frutos. Frutos são marcas de fidelidade. Um está intrinsecamente ligado ao outro. Não há fidelidade sem bons frutos nem bons frutos sem fidelidade.
 
O convite de Jesus a cada um de nós resume-se em: IDE E AME!
 
Nascemos para conhecer a Deus e faze-lo conhecido. Tudo mais é apenas acessório na nossa vida.
 
Orar é acima de tudo ouvir  Deus.
 
A diferença entre eventos e processos.
O evento é normalmente marcado por muita alegria, festa, coisas novas, surpresas agradáveis como acontece numa festa de casamento, nascimento, uma conferência como esta, porém se não pagar o preço diário de viver o processo não será o vencedor que Deus o criou pra ser.
Mais do que andar de evento em evento, precisamos viver de processo em processo a cada dia, isto é, um estilo de vida que agrade a Deus.
É vivendo perto do processo que vamos longe.
 
A manhã missionária foi tremenda com um emocionante testemunho dos trabalhos missionários principalmente em África.
Através da mensagem do Pastor-Missionário Elias Caetano na parábola dos talentos aprendemos que antes de atendermos ao chamado de Deus Ele já providenciou a nós os recursos e confiou-nos os seus bens. Temos de crer nEle, obedece-lo, ir em fé, e na hora  certa esta provisão que já foi feita por Deus, se manifestará a nós.
Eu não vou ao campo missionário porque tenho os recursos visíveis. Eu vou para que os recursos invisíveis de Deus se manifestem.
 
Tivemos também a consagração de 3 novos pastores: António Nikewete de Paris, Fábio Della Pasqua de Jersey e Gonçalves Miguel de Portugal.
 
A Deus glória eternamente!
Pr. Leopoldo